30 de março de 2011

LADRÕES DE BANCO FORAM PRESOS EM OLIVEIRA DOS BREJINHOS.


Mais dois integrantes de uma quadrilha responsável por assalto a banco no interior do estado foram presos nesta segunda-feira (28), na cidade de Oliveira dos Brejinhos, durante operação realizada pelas polícias Civil e Militar. Gilvonete Novais Mineiro, o Gilvan, e José Nilton Guanais da Silva, conhecido pelos apelidos de "Gago” ou "Nenenzinho”, também participaram de vários roubos de carga na região, segundo informou o delegado Clemilton Figueiredo Martins, titular da Delegacia de Oliveira dos Brejinhos.

Os dois acusados foram localizados numa fazenda de propriedade de Sandro Elvis Barbosa do Carmo, o Sandro da Martins, onde também foi encontrado o caminhão Ford F-4000, placa JLI-8613, licença da Bahia, de propriedade de Osvaldo Jesus Pereira, roubado no dia 25 de fevereiro de 2001, na BR-242, estrada de acesso ao município de Morpará, três motocicletas e uma motosserra. De acordo com o delegado, uma das motos estava com a placa de um veículo de São Paulo. Adeilton da Trindade Barreto e Elídio Seles Brito, que se encontravam no local, também foram detidos e conduzidos para a delegacia.

As buscas se estenderam a outras casas da fazenda, sendo encontradas quatro armas de fogo – duas carabinas calibre 38, uma espingarda calibre 12 e uma pistola Glock, calibre 40, com mira laser e adaptada com pente de submetralhadora, além de grande quantidade de projéteis de diversos calibres. As investigações indicam que essas armas foram as mesmas usadas pela quadrilha que atacou o Banco do Brasil da cidade de Oliveira dos Brejinhos, em novembro do ano passado.

Agora, a polícia desenvolve ações para prender outras pessoas envolvidas com a quadrilha, entre as quais Sandro Barbosa, Célio José Duraes, o "Galego”, este acusado de participar da morte do próprio tio, o vereador de Morpará, Laudelino Duraes Neto, assassinado após um desentendimento na hora de dividir uma carga roubada, e Tadeu Ferreira Barbosa, o "Pernambuco Vaqueiro”. O crime contou ainda com a participação de Valdemir Rodrigues dos Santos, o "Dé”, também acusado de matar Edineide Pereira do Vale, durante um assalto a uma casa lotérica na cidade de Ibotirama.

Fonte: Nova Fronteira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais vistas da semana

Translater